Pintura Industrial

Cabines de Pintura - Planos Aspirantes

Módulos Exaustores, Filtros, Cartuchos e Mantas Clinexfil

Pintura industrial é uma das técnicas mais usada para proteção anticorrosiva e acabamentos de superfície em produtos fabricados ou reformados.

Para utilizar essa técnica é necessário fazer previamente um estudo do esquema de pintura mais adequado, estabelecer quem vai executar o serviço e quais são os equipamentos necessários para realização do processo. O profissional deve dominar conceitos como prevenir corrosão, esquema de pintura, materiais constituintes de uma tinta, pigmentos e diluentes, preparação da superfície para pintura, métodos de aplicação, retoques em esquemas de pintura, controle de qualidade, falhas e defeitos, entre outros – incluindo a parte burocrática do negócio, como documentação do sistema de qualidade e certificados de segurança e meio ambiente.


Cabines de Pintura Industrial

Cabines de Aplicação Industrial: é aquela cuja aplicação das tintas é feita por meio de instalações apropriada e específicas são equipadas com pistolas ou outros equipamentos para a aplicação das tintas, iluminação, filtros, sistema de exaustão, queimadores e instrumentos.

Plano Aspirante: é aquele cuja aplicação de tinta é pretendida de forma customizada. O equipamento é indicado para compor partes de uma cabine de pintura, ou usado em instalações minimizadas de reparação geral.

Mini Cabine de Pintura: usada para pintura de plaquetas de teste de cor ou pequenos trabalhos tais como: artesanatos, aerografia, etc.

Módulos de Exaustão: usado para projetos de ventilação especiais onde é necessário exaurir e filtrar partículas.

Aplicação de Tinta

No Brasil, atualmente temos tintas, resinas e diversas formulações  que possuem tecnologia a nível internacional e de acordo com as mais modernas técnicas de proteção anticorrosiva utilizadas no segmento de pintura industrial.

O ponto relevante apesar do avanço tecnológico das tintas, é que cada vez mais, precisamos preparar mais pessoas, mais profissionais para as diversas atividades de seleção de esquemas de pintura, aplicação, controle de qualidade da aplicação e inspeção dos esquemas de pintura, não só durante a aplicação, mas também durante toda a vida útil à que foi projetado o esquema de pintura.

Cores na Pintura Industrial

Aspectos estéticos e psicológicos

Na pintura industrial procura -se aplicar esquemas capazes de proteger adequadamente contra a corrosão, mas não se deve esquecer dos aspectos estéticos e psicológicos envolvidos. Ao se pintar, procura-se também dar um aspecto agradável e esteticamente favorável aos equipamentos e instalações.

 

Aspectos de Segurança Industrial

As cores obtidas pela aplicação de tintas desempenham um importante papel na segurança industrial.

Os principais usos das cores são:

Vermelho: veículos de combate a incêndio, equipamentos e tubulações de água de combate ao incêndio.

Verde: para equipamentos de proteção pessoal.

Branco com faixas pretas: para demarcação de tráfego.

Amarelo: pintura de passadiços, escadas e outras áreas onde se deve ter cuidados especiais e uma boa visibilidade.

Amarelo com faixas pretas: áreas perigosas.

Alaranjado: área onde se deve estar alerta.

Azul: indica precaução, por exemplo, próximo a equipamentos em reparos.

Púrpura: indica radiação.


Aspecto de Identificação de Cores

As tintas são usadas como mencionado anteriormente para dar cor aos equipamentos e instalações industriais. Deve-se procurar padronizar as cores usadas, visando a reduzir o número de tintas. As cores mais freqüentemente usadas com o objetivo de identificação são:

Cor alumínio: para tanques de armazenamento, vasos de pressão, tubulações (executando-se as utilidades), estruturas metálicas em geral, reatores, permutadores de calor, entre outros.

Cor branca: para tanques de armazenamento de petróleo e derivados leves, instalações de hidrocarbonetos gasosos em especial o gás liquefeito de petróleo e vapor.

Cor azul: para tubulações de ar comprimido.

Cor cinza-claro: vácuo.

Cor cinza-escuro:eletrodutos

Cor verde: para tubulações de água.

Cor preta: para combustível de alta viscosidade (óleo combustível).

Cor vermelha: para tubulações e instalações de combate á incêndio.